4 táticas para não perder nenhum negócio nas vendas online

4 táticas para não perder nenhum negócio nas vendas online


x-taticas-para-nao-perder-nenhum-negocio-nas-vendas-online24650

Crise? Não para o comércio eletrônico. De acordo com estimativas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a previsão é de que, em 2016, o setor cresça 18% em relação ao ano passado. Segundo a instituição, o e-commerce deve faturar 56,8 bilhões de reais no ano da crise, registrando 190,9 milhões de pedidos nas lojas virtuais e apresentando um ticket médio de aproximadamente R$ 300. Impressionante, não?

É claro que para surfar nessa onda crescente é preciso desenvolver uma série de ações e, acima de tudo, pensar de maneira estratégica no posicionamento da empresa no mercado online. Afinal, o número de lojas virtuais cresce dia após dia e, portanto, a competitividade é cada vez maior. É por isso que, no post de hoje, pretendemos passar algumas dicas para você melhorar os seus resultados nas vendas online. Confira logo a seguir!

1 – Segurança é prioridade nas compras online

Quer começar com o pé direito? Então, é fundamental investir na segurança do seu site. Em primeiro lugar, é indispensável que a landing page seja criptografada, garantindo a segurança não só da empresa, mas, principalmente, do consumidor.

Além disso, não basta somente que o site seja seguro: ele precisa transparecer segurança. Por isso, a aba de pagamento deve ter um design limpo e sempre fazer referência à segurança do espaço.

2 – Navegabilidade também é venda

Aprofundando um pouco mais a questão do design, é indispensável que o site da empresa possua navegabilidade clara. Por sinal, quanto menos cliques o consumidor precisa dar para finalizar a compra, maiores costumam ser as vendas online.

Todos os produtos devem ser catalogados com clareza, mas é bom evitar os excessos. É claro que a imagem dos itens, a descrição e tudo o que possa ajudar o consumidor a se localizar no site são indispensáveis para que as coisas fluam de maneira mais orgânica.

3 – Marketing digital é a mola propulsora

É impossível falar sobre e-commerce sem mencionar o marketing digital. Hoje, as estratégias de marketing na rede funcionam como uma verdadeira mola propulsora para o negócio. Afinal, ao contrário das lojas convencionais, o comércio eletrônico não possui o ponto de vendas físico, portanto o consumidor precisa de estímulos para visitar a página.

E-mail marketing, marketing de conteúdo, links patrocinados, mídias sociais. Enfim, o que não faltam são ações e estratégias de divulgação para alavancar as vendas do seu negócio!

4 – Atendimento é o grande diferencial

Se tivesse que escolher, o que você acha que mais chama a atenção de um consumidor: atendimento, preço ou qualidade dos produtos ou serviços? Se respondeu que é a primeira opção, você está certo. De acordo com uma pesquisa realizada pela revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, que consultou consumidores de todo o país, 68% das pessoas revelaram que o atendimento é o principal diferencial de uma empresa.

Por isso, além de oferecer um canal de suporte por e-mail e telefone, é indispensável que a sua loja virtual apresente soluções dinâmicas para se relacionar com o público. Uma dessas ações é o atendimento virtual, por meio de chats ativos no site. Assim, é possível atender o cliente a qualquer momento.

Gostou das nossas dicas? Para você, qual desses diferenciais é o mais importante para as vendas online? Diga nos comentários!


MENU