Casamento | Samanta e Lucas | Guia Noiva Online

Casamento | Samanta e Lucas


A história da Samanta e do Lucas é muito bacana, cheia de obstáculos para a chegada do grande dia, mas com um final para lá de feliz!

Foram 8 anos de muito respeito, muito companheirismo e muito amor. Nossas vidas cada vez estava mais pertencente um ao outro. Nossos pais se adoravam, meus amigos eram amigos deles e os deles eram meus e cada vez mais planos eram escritos.

Eu estava louca para casar desde 2011. Esperava ansiosamente o grande pedido! Mas esse era, aparentemente, um grande medo do Lucas. Eu não queria fazer “test-drive”, não queria morar junto. Queria ser pedida em casamento, receber uma aliança de noivado e planejar um casamento lindo, da forma mais clichê possível do sonho de menina. Mas o pedido não vinha nunca!
O Lucas usou e gastou todas as desculpas possíveis para adiar esse dia: falta de dinheiro, muitos amigos casando em 2012, que eu tinha mudado de emprego, não tinha férias, não achávamos um lugar legal pro casamento… Até que um dia, depois de cobranças de todos os lados, na frente de muitos amigos e familiares ele falou que casaria quando o corinthians fosse campeão da libertadores. Só que ele não contava que minha reza era forte!

Depois de mais de 100 anos, o time não só ganhou a libertadores como ganhou o mundial de clubes. Automaticamente a pressão e a cobrança veio de todos os lados! Porque até o que parecia impossível tinha acontecido.
Decidimos então que ficaríamos noivos.
Fizemos uma viagem para o Chile e em um restaurante muito romântico o Lucas se encheu de coragem e fez o grande pedido!

Na volta da viagem já começamos os preparativos. 

Eu e o Lucas conversávamos já há um tempo sobre casar em um sítio. Nós queríamos um casamento diferente e principalmente que tivesse baixo custo. Nós queríamos também que fosse algo bem personalizado, simples e com a nossa cara. Quando chegamos na Fazenda casa Grande nos apaixonamos! O lugar era maravilhoso sem nenhuma decoração e achamos que com muito pouco investimento ele ficaria perfeito pro casamento. E assim, escolhemos a data de 14 de setembro de 2013.
O Lucas não queria escolher entre tantas pessoas queridas e amadas apenas algumas que representassem seus padrinhos e portanto decidimos fazer no estilo americano, com damas de honra.
Para fazer uma bagunça e brincar com toda essa história de enrolação do Lucas, chamamos a bateria da Gaviões da Fiel. Foi o verdadeiro auge da festa.
Na decoração, muitos elementos foram feitos a mão, para economizar mas também para curtir os detalhes bem de perto. A papelaria toda – convite, menu, rótulos da água, placas engraçadas para a festa, placas dos doces, tag para porta do hotel, lembrancinhas das crianças – foi criada por mim e pelo meu pai. As águas de lembrancinha em formato de noiva e noivo foram executadas pela minha mãe, além das lembrancinhas das madrinhas, almofadas decorativas e outros itens de decoração, como saquinho com arroz, lenços, topo de bolo, topo de cupcake contou com a ajuda das famílias e madrinhas.

No dia do casamento me sentia muito tranquila. Nada iria me deixar nervosa. Lembro que cada coisa que parecia que podia acontecer de errado eu pensava: tudo bem, vamos resolver! O único momento em que me senti muito nervosa foi enquanto esperava para entrar na cerimônia. No momento em que eu vi o gramado, cheio de pessoas amadas, vi que meu sonho estava mesmo realizando. Meu olho encheu de lágrimas de emoção! Meu pai muito brincalhão foi contando piada até me entregar ao Lucas e assim consegui ficar calma e curtir tudo.
A felicidade estava estampada no meu rosto, no do Lucas e de nossos pais. Foi um dia lindo e especial.”  

00 (1)

00 (2)

01 (1)

01 (2)

01 (3)

02 (2)

02

03

04

05

06 07

08

09 (2) 09

09 (3)

10

12

11

IMG_8383

15

DOL_4095 DOL_4955

Fotos: Fernando Gazinhato

Fornecedores Parceiros:

Assessoria e Cerimonial: Fernanda Soares Galvão


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

MENU