Destino Lua de Mel | Bariloche | Guia Noiva Online

Destino Lua de Mel | Bariloche


A Argentina é um dos destinos mais procurados por casais em lua de mel. O pais possui uma grande variedade de possibilidades e roteiros diferentes.
Hoje nossa dica apresenta Bariloche

Bariloche é a região argentina conhecida por frio intenso e belas paisagens. Uma viagem apenas por esta área já é o suficiente para preencher toda uma lua de mel. Por lá, você não pode deixar de conhecer:
Villa la Angostura – localizada a cerca de 45 minutos de carro da cidade de Bariloche, o local é uma combinação de romantismo com aventura. Os hotéis em sua maioria oferecem chalés aconchegantes nas montanhas, o que proporciona ao casal algumas vistas incríveis, como o pôr do sol do alto com neve. É por lá que as pessoas vão para esquiar.

bariloche-villa-la-angostura3 (1)

Villa la Angostura

bariloche-villa-la-angostura3 (2)

Villa la Angostura

bariloche-villa-la-angostura3 (3)

Villa la Angostura

bariloche-villa-la-angostura3 (1)

Villa la Angostura

Além de esquiar, vamos a alguns passeios:
Circuito Chico
Básico e popular, o Circuito Chico é o passeio ideal para quem desembarca em Bariloche pela primeira vez e quer ter uma visão bem geral sobre as principais atrações da região. O trajeto de 65 km passa pelo Parque Nahuel Huapi – com visitas ao seu plácido lago, Cerro Campanario, Colonia Suiza, Capilla San Eduardo – que se localiza ao lado do clássico hotel Llao Llao, e Puerto Pañuelo, de onde saem os barcos para a Isla Victoria e o Bosque de Arrayanes. Os tours são diários com saídas pela manhã e à tarde. O passeio pode ser contratado em qualquer agência local.

– PARQUE NACIONAL NAHUEL HUAPI

Bariloche está localizada dentro do imenso Parque Nacional Nahuel Huapi, com um área de mais de 700 mil hectares, o mais antigo da Argentina. Fundado em 1934, originou-se a partir da doação de terras feita pelo cientista Francisco Moreno.Em mapuche, idioma dos nativos que habitaram a região no século 19, Nahuel Huapi significa ‘ilha do jaguar’, em alusão ao que hoje é a Isla Victoria, uma das principais atrações do parque, junto com o Bosque de Arrayanes.Pela dimensão, já é possível imaginar a extensa lista de opções de atividades no local, sobretudo às relacionadas com a prática de esportes. Os amantes de caminhadas contam com mais de 500 km de trilhas que cruzam o parque, onde também é possível realizar rafting, cavalgadas, pesca e canoagem.Apesar de não ser exatamente exuberante, a fauna local traz espécies como o condor, o cervo e o gato selvagem huiña.

parque_nacional_nahuel_huapi
– TRAVESSIA DOS LAGOS ANDINOS
A clássica travessia dos lagos andinos, na fronteira entre Chile e Argentina, é quase que obrigatória para os visitantes da região. Nas duas extremidades do roteiro estão a chilena Puerto Montt, capital da Região dos Lagos, e Bariloche, do lado argentino. Entre os trechos mais cênicos estão o Lago de Todos los Santos (com vistas para o vulcão Osorno) e as cachoeiras do rio Petrohué.

A viagem é realizada em sete etapas (quatro terrestres e três lacustres), em um sobe e desce de ônibus e embarcações, e pode ser concluída em um ou dois dias. Como trata-se de um percurso relativamente longo, vale a pena considerar a opção de pernoite na pequena vila de Peulla.

De 1º de setembro a 30 de abril, a travessia pode ser feita em um ou dois dias, com uma estadia em Peulla; de 1º de maio a 31 de agosto, quando os dias de inverno são mais curtos, o trajeto deve ser feito, obrigatoriamente, em dois dias.

lago

Boa parte das agências que trabalham com pacotes para Bariloche oferecem o passeio.

A forma mais fácil de conhecer essas atrações em Bariloche é através de passeios organizado por agências e duram o dia inteiro. Na alta temporada, o turista conta com uma opção de passeio de meio dia com saída à tarde.

ILHA VICTORIA E BOSQUE DE ARRAYANES
Com embarque em Puerto Pañuelo, cujo visual ao redor já vale a viagem, esse passeio passa por um clássico natural de Bariloche: o cinematográfico Bosque de Arrayanes, na península Quetrihue, cujas árvores avermelhadas teriam inspirado Walt Disney para o cenário da animação Bambi. Já a Isla Victoria, a maior do lago Nahuel Huapi, abriga diversas espécies de plantas, de arbustos como o ñire a ciprestes e sequóias que podem ser apreciados através de uma curta trilha de 600 metros. No verão, é possível banhar-se nas águas da praia Del Toro ou tomar o teleférico até o morro Bela Vista, a 900 metros de altitude.

bosque1

CENTRO DE SKI NÓRDICO
O Centro de Ski Nórdico de Bariloche, junto ao Cerro Otto, é uma ótima experiência para famílias com crianças e pessoas que gostariam de conhecer uma outra face dos esportes de neve. Ao contrário da modalidade alpina, sempre em declives de montanhas e com origens nos Alpes, o esqui nórdico é mais horizontal. Aqui não é só a força da gravidade que impulsiona os praticantes, mas também vigorosas passadas por trilhas. Outras atividades divertidas disponíveis aqui são passeios com quadriciclos (ao invés de rodas e pneus o veículo é montado sobre lagartas, do tipo visto em tanques de guerra), snowmobiles e caminhadas com raquetes de neve.

O Centro dispõe de 10 km de pistas e uma escola com monitores que orientam grupos e indivíduos a partir dos cinco anos de idade.

O acesso é feito através da estrada Subida Otto, cuja entrada fica na altura do km 1 da Avenida de los Pioneros. São cerca de 6 km de percurso.

casal-no-valle

bariloche3

bariloche22

tumblr_static_casal-de-namorados-na-neve-82797

cerro-catedral2


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

MENU