estilo industrial traz economia para a sua reforma

Instalações aparentes trazem economia e design na sua reforma


economia-para-reforma (1)

A fábrica invadiu a casa e o estilo industrial traz design e economia em uma reforma ou construção.

A tendência surgiu na década de 50 em Nova York, quando antigas fábricas foram transformadas em apartamentos. Os filmes hollywoodianos  mostraram ao mundo esse conceito.

Demostrando independência e flexibilidade a releitura atual desse estilo traz tijolo, concreto, vigas, colunas e tubulação elétricas e hidráulicas aparentes.

Hoje a dica fica por conta do arquiteto Luiz Schmidt que mostra um pouco desse conceito estabelecido nas instalações elétricas, que não precisam mais ficar embutidas (escondidas) na parede.

economia-para-reforma (1)

economia-para-reforma (17)

economia-para-reforma (18)

economia-para-reforma (16)

Em uma reforma esse conceito evita a “quebradeira” e consequentemente ganha-se em economia de tempo e dinheiro, e com isso, o nosso tema de hoje é economia para a reforma.

Para a instalação elétrica aparente é necessário um planejamento prevendo pontos de tomadas, interruptores e terminações, por isso é importante que haja um profissional envolvido nesse projeto.

Geralmente o material utilizado é o aço galvanizado e como a tubulação fica aparente é importante que a execução seja caprichada.

economia-para-reforma (12)

economia-para-reforma (19)

Mais uma vantagem dessa instalação aparente é a facilidade em mudanças de layout futuramente quando existe uma necessidade de se acrescentar tomadas e interruptores. A manutenção também fica mais simples e econômica.

Com a instalação toda a mostra ela se torna parte da decoração e uma forma de adequá-la ainda mais é tornando-a colorida de acordo com a necessidade. Nesse caso ao invés de aço galvanizado pode-se utilizar canos de PVC que podem receber cor através de tinta acrílica.

A instalação conhecida como sistema X, também podem ser pintadas ou na cor da parede ou em uma cor de destaque, quando o objetivo  for torna-lo um elemento de destaque. A superfície plástica pode ser preparada com lixa e seladora e depois receber tinta esmalte ou acrílica.

economia-para-reforma (21)

economia-para-reforma (20)

economia-para-reforma (3)

economia-para-reforma (13)

economia-para-reforma (14)

economia-para-reforma (15)


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

MENU