Pesquisa aponta relação entre engajamento social e vendas | Guia Noiva

Pesquisas apontam o engajamento social para vender mais para as noivas


pesquisas apontam o engajamento social para vender mais para as noivas

Informação é poder. E se o assunto é vender, isso significa que hoje há um equilíbrio de forças entre o consumidor e os vendedores de produtos e serviços. Diante disso, o engajamento social ganha mais importância a cada dia.

Isso acontece porque a Internet contribuiu generosamente para democratizar o acesso a informação. E o consumidor quer sempre mais.

Por meio da web o consumidor conectado pode comparar preços, tirar dúvidas, sugerir modificações e ajustes para deixar a compra exatamente como ele sonha.

Para que essa troca exista de forma positiva é necessário investir no engajamento.

E o segmento voltado para as noivas pode ser um dos maiores beneficiados por esse trabalho.

Engajamento significado: internet ampliou entendimento

Até pouco tempo atrás essa palavra era ligada basicamente às causas sociais e filantrópicas.

Com a expansão da internet ela passou a ser mais utilizada, mas mantém o conceito.

Engajamento vem do verbo engajar. O velho e bom dicionário Aurélio traz algumas definições da palavra e a que melhor se encaixa à aplicação na web é a seguinte: ato de filiar-se a uma linha ideológica, filosófica, etc., e defendê-la; pôr-se a serviço de uma ideia, de uma causa, de uma coisa.

Quando falamos de uma empresa o significado de engajar é fazer com que as pessoas admirem, divulguem e, se necessário, a defendam. As pessoas passam a ser porta vozes da sua empresa.

E, vamos combinar, a internet é um campo de batalha onde seus potenciais consumidores são bombardeados a cada segundo por ofertas. Mantê-losengajados e fiéis à sua empresa não é uma tarefa fácil.

Engajamento social: o consumidor mais perto de você

Você já entendeu o que é engajamento e percebeu que ele é essencial para fazer sua empresa se sobressair na internet.

É por meio do consumidor apaixonado por sua marca, o que é engajado à sua empresa, que o seu conteúdo pode se tornar viral.

O resultado de pesquisas realizadas pelo Google e a Advertsing Age – uma publicação respeitada sobre mídia e marketing – traz números expressivos que reforçam a importância do engajamento social.

De acordo com as pesquisas 90,8% dos internautas se engajam frequentemente com marcas online.

Entre eles, os que admitem interagir pelo menos uma vez por semana com as marcas preferidas representam 62,8%.

Quando um consumidor se identifica com sua marca, ele passa a ser seu fã, o que significa que, além de consumir, deve divulgá-la e defendê-la.

A questão é: se você entende o significado de engajamento, mas não prioriza o gerenciamento da interação com seus seguidores está correndo o sério risco de perder espaço para a concorrência.

Engajamento social: as noivas no universo da web

Independentemente do orçamento disponível, dá pra imaginar uma noiva planejar o casamento sem passar horas na internet buscando informações sobre fornecedores, vendo fotos de vestidos e decorações e trocando ideias com quem já passou pela experiência? Impossível.

Ninguém quer errar na compra de serviços e produtos voltados para um momento tão especial da vida. Isso faz com que a recomendação dos serviços nessa área seja tão valorizada.

E é principalmente nas redes sociais que as recomendações ocorrem hoje. Assim, criar engajamento Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest são vitais para manter sua empresa no ramo de casamentos em evidência.

Há estratégias específicas sobre como vender no Instagram ou Facebook.  Cada rede social tem suas próprias regras.

O trabalho precisa ser contínuo porque não se trata apenas de obter curtidas, likes. Trata-se de criar intimidade com os clientes em um relacionamento duradouro com a marca.

O objetivo, no final das contas é que esse relacionamento gere conversões, isso quer dizer – vendas.

Como o engajamento social acontece

O engajamento social, de forma prática,  acontece de quatro maneiras; começa com o envolvimento, que é quando um consumidor tem o primeiro contato com a marca, depois ele começa a interagir e dessa forma já está contribuindo para a marca. Em uma terceira etapa, o consumidor ganha uma certa intimidade com a marca e é nesse momento que ele passa a ter um sentimento por ela. Nessa etapa, o consumidos já confia, ele não compara mais preço. A última etapa  é a influencia, e nesse momento o consumidos já utiliza os serviços e produtos da marca, defende e também recomenda para outras pessoas.

O trabalha das empresas nesse momento é conseguir definir em que etapa está cada potencial cliente e produzir materiais, postagens, etc, para engajar cada uma dessas pessoas, que estão em fases diferentes de relacionamento com a marca e devem ser encaminhadas para a próxima fase.

É possível medir o envolvimento obtido a partir do tempo que os visitantes permanecem em suas redes sociais e o número de páginas que eles acessam, por exemplo.

Como perceber cada etapa

Participações nos comentários e solicitações de informações adicionais sobre o produto ou serviço indicam a interação.

A intimidade pode ser percebida pela escolha de palavras para expressar as opiniões e sentimentos que o consumidor tem em relação à marca.

Percorridas essas etapas, se pode chegar a influência, que é quando seu fã se torna consumidor da marca e a recomenda aos amigos, pelas próprias redes sociais.

Um bom exemplo disso seria uma noiva ser envolvida por uma postagem do Guia Noiva  no Instagram, por exemplo, e interagir expressando sua opinião nos comentários.

Após contato com o fornecedor, ela forma opinião e compartilha em suas próprias redes sociais, o que pode influenciar seus amigos e levá-los a querer conhecer a empresa.

Dados sobre engajamento social e vendas

A mesma pesquisa do Google e a Advertising Age, citada anteriormente, mostrou que 40,2% dos consumidores hiperengajados compram um produto online várias vezes por semana, enquanto que apenas 8,1% dos consumidores mais tradicionais – os que evitam engajamento com as marcas – compram com a mesma frequência. A pesquisa ainda aponta que 15,5% dos hiperengajados adquirem um produto online todo dia.

Isso mostra a importância do engajamento social, pois esses números refletem um comportamento humano, e esse comportamento também é aplicado na contratação de produtos e serviços do mercado de casamento.

Para atingir resultados assim, o caminho é desenvolver uma boa estratégia de marketing digital no mercado de casamento, fundamentada em um conteúdo de qualidade.

Há ferramentas disponíveis que permitem, por exemplo, uma segmentação bastante específica de público.

É necessário também acompanhar de perto as métricas que indicam os resultados alcançados. Mas esses são assuntos para outro artigo.
O que você ganha em troca dessa trabalheira toda? Um freguês. Que vai vender por você, indicar sua empresa e até defendê-la se for preciso.

MENU