Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?


Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

É fato que hoje em dia quase todo mundo está conectado à internet. Os noivos, então, não largam seus smartfones em busca de melhores preços e oportunidades. Você já pensou em usar o Webinar para oferecer o seu produto ou serviço para eles?

Neste post, vamos conhecer um pouco mais sobre o webinar e como ele pode ser usado de maneira efetiva no seu negócio e nas suas estratégias de marketing. Confira!

O que é Webinar e para que serve?

Mesmo não sendo algo novo você pode estar se perguntando: afinal, o que é webinar?

O webinar significado é “seminário baseado em rede” – web-based seminar. É um evento ao vivo realizado por meio da internet, que permite que várias pessoas se conectem simultaneamente para participar de uma aula interativa, uma oficina, uma conferência — enfim, o que a criatividade permitir.

O encontro virtual é realizado em horário programado e todos os participantes têm a oportunidade de intervir ativamente no evento, podendo fazer perguntas e compartilhar ideias, afinal, as empresas de casamento não podem se prender.

O webinar é uma ferramenta estratégica para muitas empresas e empreendedores presentes na rede, assim como os aplicativos de organização. Em uma estratégia de marketing, o webinar pode ser usado em diversos contextos:

  • Formação, aula virtual e consultoria de grupo
  • Reunião online colaborativa
  • Videoconferência e seminário online
  • Promoção, venda e marca pessoal

Muitos empreendedores já entendem o poder de usar o webinar para promover e vender seus produtos e serviços, numa tática que inclui apresentar uma conferência informativa e com conteúdo enriquecedor.

O webinar tem as vantagens de ser relativamente simples de aplicar e de trazer resultados imediatos, principalmente no que diz respeito ao aumento da geração de leads e conversões.

A melhor forma de entender webinar o que é e seu potencial dentro da estratégia de marketing é comparando com o mundo offline.

Imagine que você queira lançar um novo produto e gostaria de fazer uma apresentação ao público.

Ou, quem sabe, planeje realizar uma palestra para reforçar sua autoridade em determinado assunto junto ao seu público.

Em vez de ter o trabalho de lotar um auditório e cuidar de todos os detalhes que um evento desse porte exige, você faz da internet o seu local de realização. Além da eficiência que essa decisão agrega ao seu objetivo, o alcance da ação é ilimitado.

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

Como fazer a estrutura de um webinar?

Assim como qualquer ferramenta de marketing, o webinar também exige um roteiro a ser seguido, com estrutura e sequência bem definidas para melhor aproveitamento da estratégia.

Além disso, o que irá determinar se o webinar servirá como uma ação de marketing de conteúdo ou como marketing de vendas será o assunto abordado no evento por vídeo.

Para o primeiro objetivo, o foco será sempre o da oferta de conteúdo relevante, com informações úteis que ajudem a posicionar a marca ou a empresa como referência e autoridade.

Já para o segundo, a ação é claramente comercial, já que é utilizada na promoção e divulgação de uma empresa ou de uma solução por ela oferecida. Enfim, cada objetivo demanda uma estratégia diferente.

Um webinar pode ser realizado ao vivo ou com vídeo gravado e transmitido em horário pré-estabelecido. Sempre que a primeira opção puder ser sua escolha, ela se mostra mais interessante pelo potencial de interação que ela oferece.

Afinal, tal qual uma palestra realizada em um centro de eventos qualquer, é interessante na conferência online abrir espaço ao final para responder as perguntas.

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

Fora esse detalhe de transmissão, que pode variar conforme a situação e objetivo da ação, seu funcionamento é bastante simples de entender.

Como fazer um webinar não é difícil, mas o sucesso da ação depende de planejamento. O ideal é que se dedique a detalhes da estratégia com um mês de antecedência. Também é indicado criar uma sequência de etapas para antes, durante e depois do evento online.

Confira agora o passo a passo a seguir para criar um webinar de sucesso.

1 – Escolha a plataforma webinar

Essa é uma etapa muito importante e que pode demandar tempo, mas não a pule.

Existem atualmente diversas plataformas utilizadas para a realização de webinars, algumas gratuitas e outras pagas. Para essa decisão, considere a sua necessidade e como a ferramenta que pretende utilizar atende ao que precisa.

Algumas delas são:

Google Hangouts

Facebook

YouTube

WebinarJam

Twitch

WeBex

GoToWebinar

GoToMeeting.

2 – Defina o tema

É fundamental que atenda aos seus objetivos, mas eles não devem ser diferentes dos interesses do público – ou o webinar não irá adiantar de nada.

Nessa definição, vale fazer um exercício semelhante ao que você adota para a escolha de temas para o seu blog, caso tenha um.

3 – Escolha a data

Nunca marque o webinar para uma véspera de feriado ou para uma sexta-feira, por exemplo, quase sempre é uma má escolha.

Mais uma vez, você precisa considerar os interesses do seu público para garantir que ele esteja online no momento da transmissão. Quanto menos o seu evento concorrer com outros que possam afetar sua audiência direta ou indiretamente, melhor.

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

4 – Crie a landing page

Definidos o tema, a data e o horário do seu webinar, é preciso caprichar na peça que irá garantir a presença do usuário entre os inscritos para o evento.

Uma landing page é uma página de conversão. Com um visual limpo e sem distrações, ela funciona como um convite para o webinar.

Ela deve trazer um breve formulário, que é onde o usuário registra seu nome e seu e-mail.

A landing page do seu webinar precisa ainda de um título chamativo, recursos visuais cuidadosamente explorados, clareza na oferta e vantagens que o evento oferece, além de um CTA, geralmente com um botão de inscrição e uma frase curta e convidativa.

O CTA, ou Call to Action, é uma chamada à ação do usuário. Em meio a um post no blog ou no seu próprio site, ele pode ser apresentado na forma de banner, como um botão e mesmo através de um link no texto.

5 – Divulgação

Tendo a peça de divulgação pronta para o seu webinar, o próximo passo é disponibilizar ao público de seu interesse.

Isso pode ser dar de diferentes formas: e-mail marketing, mídias sociais e CTA no site ou blog.

6 – Faça um roteiro

Depois de cuidar da divulgação e manter esse esforço até a data de realização do webinar, é interessante elaborar um roteiro com as demais ações a adotar.

Isso é importante porque, ao contrário do que pode parecer, há uma série de detalhes que não podem ser esquecidos na preparação de um webinar. Não justifica deixar de construir um roteiro que irá funcionar como um guia para conduzir o webinar.

7 – Abuse de recursos visuais

Vale construir um ambiente propício à transmissão do conhecimento, mas na medida certa.

A sala que será utilizada não deve ter elementos que poluam a imagem. Opte pelo básico, como um quadro branco e uma caneta apropriada para destacar pontos necessários.

Já para reforçar conceitos, aí sim vale explorar cores e recursos visuais, em especial através de slides.

O webinar precisa ser interativo. Por mais que você esteja falando ao vivo e respondendo questões, se o evento durar 60 minutos, será uma hora com o seu rosto na tela.

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

8 – Apresente o webinar

Depois de cuidar de tudo, ter testado a internet e renovado o convite para quem se inscreveu, chega a hora da verdade. Não faça tudo sozinho.

Ainda que apresente sozinho o webinar, tenha uma “retaguarda” para controlar os comentários, por exemplo.

Se houver problemas na transmissão, essa pessoa também cumpre o papel de avisá-lo.

Lembre-se de ser claro e didático, explicando o assunto e retomando pontos que exigem atenção.

Não esqueça de agradecer ao público ao iniciar e ao encerrar o webinar.

Essa é uma oportunidade de ouro para estreitar relações com o usuário.

9 – Avalie os resultados

É muito importante estabelecer metas para o webinar e, após o evento, verificar se elas foram alcançadas.

10 – Disponibilize a quem não assistiu

Todo o trabalho que você teve não merece ser utilizado apenas pelo tempo em que o webinar estiver no ar.

Além disso, disponibilizar seu conteúdo em plataformas como o YouTube ajuda a reforçar a sua autoridade e a atrair a atenção da audiência para a sua marca ou empresa, gerando tráfego para seu site ou blog.

Entendeu como funciona?

Pois bem, de acordo com uma pesquisa da Cisco (empresa americana líder mundial em TI e redes), até 2020, mais de 80% de todo o tráfego na internet vai se dar por meio de vídeos.

Isso reforça que, aquilo que hoje talvez seja utilizado para se diferenciar da concorrência, em breve, será condição obrigatória para sobreviver no meio digital.

Então, que tal começar a usar logo essa poderosa ferramenta a seu favor?

Como um webinar pode ajudar fornecedores de casamento?

MENU