in

Flor na lapela do noivo: saiba como usar

Flor na lapela do noivo

A flor na lapela é um sinal de elegância e romantismo, dá destaque aos trajes dos noivos, padrinhos e pais dos noivos.

Afinal de contas esses são os homens mais importantes do casamento e a flor é uma forma de mostrar a todos os convidados essa importância.

Saiba como surgiu a tradição da flor na lapela, como usar e que flores estão liberadas para servir com esse acessório tão refinado.

O que é lapela?

Quando se fala em flor lapela, muita gente sequer sabe o que é lapela?

Mas é muito simples: lapela, significado nada mais é que a parte superior de um casaco, terno, fraque, que é voltada para o lado de fora.

E essa é mais uma tradição do casamento que surgiu com o noivado do príncipe Albert com a rainha Vitória no século 19. É um sinal de romantismo e muita elegância.

Um dia, durante o noivado, o príncipe recebeu um pequeno ramalhete de flor de sua noiva, e não sabendo onde colocá-lo, abriu um pequeno corte na lapela de seu casaco e depositou ali o mimo.

Com isso, a lapela ganhou vida útil e se tornou uma refinada tradição para a roupa de noivo, padrinhos e pais,  o que até mesmo incentivou a mudança nos modelos criados pelos alfaiates da época.

De lá para cá, colocar flor na lapela no casamento é  um sinal de sofisticação.

Mas não confunda. A lapela para noivo não é aquele bolsinho que fica na parte superior, ali, normalmente vão lenços finos. Observe bem as imagens abaixo para checar direitinho onde fica.

Flor na lapela do noivo

Flor na lapela do noivo

Flor na lapela do noivo

Que flores usar na lapela para padrinhos ou noivos?

A flor mais usada para colocar na lapela de noivo é o cravo, porque significa amor puro  e leal, mas esse não é o único tipo que pode ser colocado na lapela padrinhos ou lapela noivo.

Hoje em dia são muito usadas as mini callas, orquídeas, rosa, jasmim, angélica, astromélia, folhagens, sementes e até suculentas. E, além disso, podem até mesmo combinar com o buquê da noiva.

Mas flores muito grandes como gérberas, por exemplo, devem ser dispensadas.

As flores mais coloridas devem ser usadas em casamentos durante o dia e ao ar livre.

A flor na lapela deve ser discreta, é claro que é para aparecer mas é um detalhe, um charme.

Mais uma dica importante:  a flor deve ser resistente, para não ficar toda amassada ou quebrar antes da cerimônia terminar.

One Comment

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *