in

Terapia de casal: saiba como pode ajudar nos conflitos

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

A vida de casada (o) é uma tarefa muito complicada, porém a terapia de casal pode ser uma ótima dica para salvar a sua relação.

Um bom relacionamento, além de precisar ser construído, deve ser cultivado diariamente, e mesmo quando as coisas não vão bem elas precisam ser conversadas.  Portanto, é justamente nesse período difícil que a procura de um psicólogo para casal pode ser uma boa opção.

Leia e saiba mais!

➡️➡️➡️Veja também: Bodas de porcelana

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

O que é a terapia de casal?

Você sabe o que é terapia de casal? Conhecida também como terapia conjugal, é um tipo de psicoterapia que ajuda duas pessoas envolvidas em um relacionamento romântico a entender a sua relação, resolver conflitos e melhorar a satisfação com o relacionamento.

Na terapia, o marido e a mulher têm a oportunidade de expressar suas preocupações em relação ao que estão vivendo e quanto ao outro, sem receber críticas. O terapeuta está ali para servir como mediador, ouvir as razões de cada um e aconselhar quanto à resolução dos problemas existentes na relação amorosa.

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

Quais são os motivos para se fazer terapia de casal?

Quando procuramos entender para que serve a terapia de casal, precisamos saber os principais motivos pelos quais a maioria dos casais procuram um terapeuta para começar o seu tratamento. Veja alguns deles:

  • Perda de admiração um pelo outro;
  • Falta de diálogo;
  • Perda da intimidade;
  • Projetos ou desejos diferentes;
  • Chegada de um filho não desejado;
  • Questões sexuais;
  • Brigas e desentendimentos constantes;
  • Traições.

Mas, é claro, todo casal possui razões diferentes para entrar no processo de terapia de casal!

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

Terapia de casal saiba como pode ajudar nos conflitos

Terapia de casal: como funciona?

Durante a fase do tratamento, o terapeuta ajudará o casal a entender melhor a dinâmica que mantém o problema, além de enfatizar o papel que cada um desempenha naquela relação e sua parcela na participação das questões do dia-a-dia. Dessa maneira, a terapia os ajudará a mudar a maneira como eles percebem o seu próprio relacionamento.

Vale ressaltar que é crucial mudar os comportamentos e as formas de interagir uns com os outros. Os terapeutas, muitas vezes, atribuem aos seus pacientes a tarefa de praticar as habilidades aprendidas na terapia de casal em seu dia-a-dia.

Exercícios e jogos para terapia de casal

A terapia conjugal não se baseia apenas em discussões de relação mediadas por um profissional. Para que as sessões se tornem mais interativas e rendam melhores resultados, existe um cronograma com terapia de casal e exercícios elaborados com base no perfil do casal em questão.

Há uma série de dinâmicas e jogos para terapia de casal que complementam o atendimento psicoterápico e podem proporcionar aos pacientes momentos de reflexão e interação única entre os envolvidos.

Conheça algumas dinâmicas para terapia de casal que são muito utilizadas durante as sessões:

  • Pontos positivos

Em uma relação repleta de problemas, é normal se esquecer das qualidades que cada um possui. Nessa atividade, portanto, o psicólogo sugere que o casal faça uma lista com que eles mais gostam um no outro, e depois trocar esses papéis. Isso ajuda a recompor a positividade na relação

  • Troca de papéis

Essa dinâmica para terapia de casal consegue  reconectar as pessoas dentro de uma relação. Trata-se de se colocar no lugar de seu parceiro dentro de situações, como por exemplo, em discussões. Nessa dinâmica, deve-se escolher um tópico relacionado à queixa dos pacientes e cada integrante falará sob o ponto de vista do parceiro.

  • Som do silêncio

O casal deve encontrar um momento para desfrutar em silêncio, a companhia do outro. Seja ouvindo música ou sentando-se no sol, o casal deve passar o tempo juntos sem falar, aproveitando o silêncio e a ausência de discussão para refletir sobre o seu relacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *